um poema, uma crônica de Martha Medeiros na semana de Porto Alegre

“Sou uma mulher madura que às vezes anda de balanço sou uma criança insegura que às vezes usa salto alto sou uma mulher que balança sou uma criança que atura” E O amor nos tempos de hoje por Martha Medeiros Na era dos entusiasmos superficiais, ficou até cafona se falar em amor e demais palavras correlacionadas. Beijo no coração? Tenha piedade. Da televisão, ele sumiu, evaporou. A Internet ele nunca chegou a frequentar. Nas páginas de revista, faz tempo que não dá as caras. Foi trocado pela paixão instantânea e pelo sexo ocasional. Estou falando do amor, lembra dele? Pois é, foi escorraçado da mídia. Hoje em dia, casais se unem por desejo, oportunidade ou conveniência. Todos querem se apaixonar amanhã e somar mais um nome ao seu...

Leia Mais

um poema e uma crônica de Pedro Du Bois na semana de Porto Alegre

VIADEIRO BORGES DE MEDUTO Progresso e oportunidade novo caminho: centro ao bairro viaduto de cartão postal brincadeiras em suas escadarias (risos na inversão das letras). Pétrea testemunha do crescimento imóvel na passagem das gerações. Pedro Du Bois em Casa das Pedras. CECÍLIAS por Pedro Du bois As cecílias fecharam seus cadernos onde registravam, não em forma de diário, mas diariamente, seus poemas. Às cecílias é dado o direito e o poder de registrar poemas, trançando entre todos – se um dia pudessem ser reunidos – o que chamamos de poesia. Mas, na seqüência do que foi escrito, as cecílias haviam fechado seus cadernos, como gesto de abandono ou de desistência. Se as cecílias não mais escrevessem seus poemas e não os deixassem...

Leia Mais
Untitled Document
Home | PhotoPoemas | Clube de Leituras | Projeto Vidráguas | Publicações | YouTube | Contato

Tivemos 9.981.588 visitas desde 14/01/2009
Todos os direitos reservados. Copyright ©
Analista de Sistemas Rúbia Formigheri

Rua Francisco Ferrer, 441/507.
Rio Branco - Porto Alegre / RS
Telefone (51) 3392 3727