Lendo Pedro Lyra

Pedro Lyra: “LAVRAGEM XIX – ATÉ DA LEMBRANÇA” Passou pois tudo passa nesta vida se a vingança das coisas é passar: passa o rio – com ele seus murmúrios; passa o tempo – com ele seus martírios; passa o sonho – com ele seus mistérios. Pois, assim, passa o amor. Mas este ao menos deixa o que o vai levando: o ter vivido, o ter crestado em gozo o próprio amor – tudo que justifica um vir ao mundo mas que até da lembrança há de passar. E pois que passe passe pois que torna mais amplo mais aberto mais sabido o espaço por onde outro há de chegar. (Porém que passe assim: sem chaga ou culpa.) (Do livro “Desafio – Uma poética do amor”) A foto foi colhida aqui:...

Leia Mais
Untitled Document
Home | PhotoPoemas | Clube de Leituras | Projeto Vidráguas | Publicações | YouTube | Contato

Tivemos 10.144.443 visitas desde 14/01/2009
Todos os direitos reservados. Copyright ©
Analista de Sistemas Rúbia Formigheri

Rua Francisco Ferrer, 441/507.
Rio Branco - Porto Alegre / RS
Telefone (51) 3392 3727