inVentrelinhas, versos a 4 mãos por Joice Furtado e Carmen Silvia Presotto

inVentrelinhas poema a 4 mãos eu amo descascar palavras palavro amo, desde menina vertebrados tempo em que vibramos entre letras a carne rói, constrói, lateja ora de desejo dizem uns oras de amor, digo eu contágio, sou assim, Ventrelinhas eu amo descascar palavras palavro amo, desde menina o orgulho estapeou-me pisei em ovos de artifício que me calo, porque me Khalo Frida minha razão perdeu o rumo versos que me deste mimo meu frutal cheiro entre-seio guardo doce lembrança nem chiclete, nem banana sou prefiro Amora(R) contigo sempre em poesia de olhar pelas ruas e avenidas Amor(AR) estou aqui olho-te frente todo meu desalinho Frida minha iluminam-me teus cabelos já todo medo, foi-se valha-me! estou na ponta dos pés e me calo, calo-me ao teu...

Leia Mais

Diálogos poéticos, versos que conVersam Vidráguas…

*Estuário de Jade* – diálogo poético por Wilson Caritta Lopes e Carmen Silvia Presotto Húmus do Nilo terra verde inquieta olhar do mundo move e atiça movediço… Superfície de conchas falésias de alma ruptura marítima jade dia encontro guia constelativa… Forma estranha essa força de contar estrelas percorrer o primitivo substancial… Reverberar palavras de pausa ao pensamento que causa (em náuseas)… À noite em raspas marinados de morte em potes silhuetas pipocam sobre o limbo do dia… Nas raspas de tua noite, retomo o leme, libero os potes, e das silhuetas que pipocam refaço o traço, colho o sereno, reformulo o vento, desprego as nuvens das heras, e quando todo o mofo guardado revoar, te entrego a...

Leia Mais

Compassos, um poema a uma amiga

Compassos a Carmen Lúcia Lima sarmento Mulher moça em grande pátio mulher da água, água mansa rio(s) acha a glória do mar em seus contonos da vida em que transitas em cura corre o tempo… não mostres tuas lágrimas caridade em ti, define e encerra sejas presença de seus amigos vencendo & iluminando o corpo luta, repuxo à dor, evapora, refaz o tempo, a cura chega bate a porta, tu atendes, te elevas em apoio, harmonia, luz quereres de felicidade chamo os santos me ajoelho & rezo cantos divinos ação das falas e começa agora a auxilio a quem te ouça, apaga o cigarro, cinzas viram saúde onde o coração bate tudo é como uma onda no mar…passa…. vem o realinho, corpo onde amor se reveste ninho águas serenas, vida...

Leia Mais

Hoje, no Anáguas-Vidráguas, Eros e Psiquê na hora dos bardos & evasAlmas

Pensamentos. Sua beleza, sua pele, seus olhos suas mãos delicadas me apertando para me envolver, chupei o primeiro gole de seu amor e achei que iria desfalecer Mas meu corpo não permitia isso, meu corpo estava preso ao dela como se fosse uma coisa só Imediatamente, seus pensamentos enlouquecidos e luminosos me colocaram num turbilhão de imagens Imagens que me fascinava, a lembrança dela junto a mim nos momentos de amor, entre beijos ardentes, no mais puro furor do calor em dois corpos num só Já amanhecia quando a luz do toucador me desperta era uma luz âmbar era um momento único era um momento bruxelento onde todo meu corpo estremecia queria desgrudar queria sair queria voltar a mim impossível não era imagem não era miragem impossível...

Leia Mais

Poemas Plicário I – Virgem, em VidrAnáguas

Virgem. Como uma marionete eu balaçava o meu único desejo via um halo vermelho que escoria em minhas pernas eu precisava me curva para entrar na agitação profunda da excitação da mais amável dor de uma paixão de uma defloração Os círculos coloridos se modificavam à medida que meu corpo se alterava. As centelhas que emetiam eram elétricas fogos de paixão no ar pensamentos faziam de mim uma criadinha que levava bilhetinhos brancos dobrados, que diziam Por teus versos escorregarei entre o dedilhar de cada letra está a cola a úmida página, branca e trêmula palco e cenário desta donzela ave, que ao fazeres voar encanta, amplia o passo e segue… A medida que as cores se fundiam outro bilhete dos céus anunciavam : o coro das...

Leia Mais
Untitled Document
Home | PhotoPoemas | Clube de Leituras | Projeto Vidráguas | Publicações | YouTube | Contato

Tivemos 9.904.804 visitas desde 14/01/2009
Todos os direitos reservados. Copyright ©
Analista de Sistemas Rúbia Formigheri

Rua Francisco Ferrer, 441/507.
Rio Branco - Porto Alegre / RS
Telefone (51) 3392 3727