Vivas Memórias , Capítulo VI – Novela de Carmen Silvia Presotto

Seguindo… 6ª PARTE Embarcaram em busca dos bons ares… Renovaram-se. Sacudiram seus tapetes, varreram a sujeira da memória. Abriram frestas e cantos, faxinaram tudo e quando aliviados, descerraram suas janelas para que entrassem as brisas dos doces momentos, enxotando a tempestade o clima vulcânico dos amantes retornou. Amaram-se como dois velhos adolescentes para retornarem mais jovens e apaixonados. Confiantes despedem-se de Buenos Aires e de antigas pendências. “ Hoje vejo como me enganei. O que pensava ser indiferença fora um grande gesto de amor. É! São poucos os homens sensíveis como Geraldo. Lembro como saiu de mansinho, evitando brigas e discussões. Eu grunhia feito leoa e ele saia porta a fora deslizando silencioso. Pode...

Leia Mais

Vivas Memórias, capítulo V – Novela de Carmen Silvia Presotto

Seguindo… – Alô! – Oi Geraldo. Bonita tua voz pela manhã. Não que não seja sempre – apressa-se em dizer- mas… – Rosa, fala logo. Sei que queres algo. Tua voz também não me engana. – Que tal um café juntos? Nem escutou a resposta. Em minutos ele chegaria. Sabendo disso, apressa sua rotina matinal e voa para a cozinha. “ Suco de laranja, frutas, croissant, margarina sem sal, menos colesterol… menos hipertensão. Ih! Parece uma velha Rosa. – Ri como não fazia há tempos. Organiza a louça e escuta o cuco badalando junto com a campanhia. Mira-o e brinca. Vocês sempre cúmplices, hein?” Abre a porta lembrando Geraldo para não esquecer de apanhar uma chave. Ele a segue, elogiando o cheirinho do...

Leia Mais

Vivas Memórias, Capítulo IV – Novela de Carmen Silvia Presotto

Seguindo… Rosa sente os suspiros e aproveita para dar o fato como consumado. Queiram ou não, voltará para o seu Geraldo. Serve o bolo, desculpando-se por estragar o almoço, mas logo brinca com a rigidez do tempo: – Às vezes não tem nada de errado em infringirmos algumas regrinhas. Poderemos almoçar mais tarde, não é mesmo pessoal? – Hum… está delicioso mãe, pena a Patrícia não estar aqui. Ela adora teus doces. Caprichaste no glacê. Queria nos adoçar, hein sua safadinha… Ao falar isso, Flávia olha de soslaio para Vera e Cláudio. Ele continuava estático, não trocara nem o descruze de pernas. Impassível a espera do comando da esposa que já fumara, bebera e abrira e fechara a bolsa mil vezes. Sua respiração,...

Leia Mais

Vivas Memórias , Capítulo III – Novela de Carmen Silvia Presotto

Seguindo… “Uma semana em Buenos Aires junto ao meu amado… Pareço aquela menina sardenta, abanando as tranças depois de comprovar o amor de Geraldo no baile do município. Como dizia o Quintana, amar é mudar a alma da casa. E eu confirmo, amar é viver mudanças no intenso brilho do sol e olhe que nem chegou o verão e já parte o mofo com suas horríveis gavetas de velhas recordações… Agora? Ah agora, graças ao meu bom Deus as expectativas juntaram-se numa dessas loucuras minhas com o tempo e a casa lotou não de gente nem de móveis, ao contrário, está mais leve suave aconchegante como o jardim dos meus sonhos floresce sensual acasala pares perdidos junta pólens aquece terra aromatiza vida, não apenas narinas, perfuma olhos...

Leia Mais

Vivas Memórias, capítulo II – Novela de Carmen Silvia Presotto

Seguindo… Aninhada em sua cama, Rosa alinhava pensamentos. Sorri pelo esquecimento do calmante, vira-se para apagar a luz e mira o porta-retrato. Dá um longo suspiro, abraça o travesseiro e o reencontro, entrega-se aos sonhos: ” Estou ansiosa. Marquei unhas, cabelos, revisei os preparativos, mas parece que me escapa algo. O que será? Por que logo hoje? Talvez seja nervosismo pelo grande passo. Custo a adaptar-me com mudanças. É, só pode ser isso. Não! Esqueci algo! Vou revisar minhas anotações…” Quando chega à biblioteca, abre sua agenda, sente o aroma dos lírios que entravam pela janela e então, num sobressalto, desperta: – Meu Deus! O buquê!? Ri. Levanta-se em busca de café. Coloca água para aquecer. Vai até o...

Leia Mais

Vivas Memórias, Capítulo I – Novela de Carmen Silvia Presotto

Hey,começo hoje a publicação de Vivas Memórias, Novela que escrevi ainda em Novembro de 2006 e agora reviso e publico.São 8 Capítulos e estarei publicando um por semana aqui no Site-Vidráguas e logo estarei editando em web-Livro também… importante ser lida, importante ter respostas e toda crítica e comentário será bem-vinda. VIVAS-MEMÓRIAS Novela de Carmen Silvia Presotto I A renda estaqueada da toalha amarela debruçava os vincos da idade. Sorte restarem alguns cristais para suavizarem a prata envelhecida e harmonizar velhos talheres à coberta de mesa. Trecos e caquedos pessoais, que, ao evidenciarem certas relíquias atemporais, despoluem sérias atmosferas. Enquanto brincava com o cenário, Rosa esquecia-se dos anos. Não fossem os...

Leia Mais
Untitled Document
Home | PhotoPoemas | Clube de Leituras | Projeto Vidráguas | Publicações | YouTube | Contato

Tivemos 9.981.505 visitas desde 14/01/2009
Todos os direitos reservados. Copyright ©
Analista de Sistemas Rúbia Formigheri

Rua Francisco Ferrer, 441/507.
Rio Branco - Porto Alegre / RS
Telefone (51) 3392 3727